quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Qual faculdade? - Arquitetura e Urbanismo

Nos últimos dias venho pensando bastante sobre qual faculdade cursar depois de concluir o Ensino Médio, pesquisei e me informei muito sobre algumas e o que eu notei de primeira, foi que não encontrei muitas informações importantes juntas em uma mesma postagem, o que me levou a ter que olhar muitos vídeos, e ler muitos sites pra realmente entender um pouco mais sobre aquela faculdade.
Foi então, que tive a ideia de montar uma "série" de posts aqui no blog contando um pouquinho mais sobre algumas faculdades que andei pesquisando, - e aquelas que vocês me sugerirem também -  trazendo informações relevantes e decisivas em um só post pra poder ajudar quem se vê na mesma situação que eu; que esta com um pé no Ensino Médio e outro na faculdade, e ainda não tem certeza do que quer cursar...

E não poderia deixar de começar com Arquitetura e Urbanismo que atualmente vem sendo um ponto bem forte no meu coração! ♥


Arquiteto é o profissional que projeta e idealiza os espaços para os mais diversos usos humanos. Pode ser um prédio, uma praça, uma casa ou mesmo uma área verde. Ele quem planeja as construções, organiza os espaços e encontra soluções para atender às necessidades (estética, conforto e funcionalidade) de quem utilizará aquela construção. É ele quem faz a planta e decide quais materiais serão utilizados em determinada obra, levando em consideração o uso do imóvel, a disposição dos objetos, a ventilação e a iluminação.
                                                                 (Informações: site1, site2)



A arquitetura e a engenharia andam coladinhas, mas o profissional de arquitetura lida mais a parte de concepção, trabalha na criação, na parte artística, usando a criatividade. E o engenheiro normalmente trabalha na execução do projeto, torna viável ou não o projeto que foi criado pelo arquiteto. No meu ver, (é importante ressaltar), que a parte de cálculos, fórmulas matemáticas, química, física fica mais por conta do engenheiro, mas isso não quer dizer que na faculdade de arquitetura e urbanismo não tenha isso também, mas é algo um pouco inferior inferior à Engenharia Civil.
Mas fica meio difícil de explicar exatamente as diferenças entre um e outro, porque tanto arquitetura quando engenharia civil, existe um leque muito grande de oportunidades para cada um.
Mas mais ou menos podemos caracterizar:
Eng. Civil: Concepção executiva.
Arquiteto: Concepção plástica e artística.

As grandes cidades brasileiras têm uma grande demanda por habitação, infraestrutura e obras de mobilidade, o que abre boas oportunidades para o profissional da área. Os principais empregadores do arquiteto são empresas do setor público, mas isso não quer dizer que você não possa trabalhar de forma autônoma e abrir o seu próprio negócio. Em alguns casos, empresas buscam o profissional com disponibilidade para viajar ou morar temporariamente em outras regiões, como Norte e Nordeste, porque nessas regiões, além das obras de infraestrutura, o mercado no litoral continua crescendo graças ao turismo, o que é um bom negócio para os arquitetos.


Segundo o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU) o profissional de arquitetura agora tem definidas atividades que só ele pode desenvolver, que são elas:- Projeto arquitetônico de edificação ou de reforma
- Relatório técnico referente a memorial descritivo, caderno de especificações e de encargos e avaliação pós-ocupação
- Projeto urbanístico e de parcelamento do solo mediante loteamento
- Projeto de sistema viário urbano
- Coordenação de equipes de planejamento urbano ou de regularização fundiária
- Projeto de arquitetura de interiores
- Projeto de arquitetura paisagística
- Direção, supervisão e fiscalização de obras referentes à preservação do patrimônio histórico, cultural e artístico
- Projetos de acessibilidade, iluminação e ergonomia em edificações e no espaço urbano

Carreiras que um arquiteto pode seguir...

- Arquitetura de interiores

Organizar e harmonizar a distribuição de um espaço interno, escolhendo materiais que combinam entre si e se preocupando com detalhes como luz, ventilação e visualização do espaço

- Arquitetura industrial

Planejar projetos para instalação de indústrias, respeitando as normas de segurança.

- Arquitetura Verde

Desenvolver projetos residenciais e comerciais que respeitem o meio ambiente e que se integrem com as características naturais do local.

- Comunicação Visual

Criar a identidade visual de empresas e produtos, com logotipos e material impresso ou digital.

- Paisagismo e ambiente

O paisagista trabalha com projetos em espaços abertos, combinando elementos como plantas, pedras, madeiras, calçamento e iluminação.

- Edificação e construção

Este é o responsável por desenvolver, acompanhar e coordenar obras de construção, auxiliando na definição de materiais adequados para a obra e controlando prazos e custos do projeto.

- Luminotécnica

Fazer o projeto de iluminação de grandes e pequenos espaços. Realizar a iluminação de eventos.

- Restauro de edifícios

O trabalho de um arquiteto restaurador é recuperar casas e prédios antigos ou danificados pelo tempo, sem comprometer sua estrutura original e respeitando o estilo da construção.

-Urbanismo

Urbanistas são planejadores de uma região, cidade ou bairro, e estudam a região para desenvolver planos diretores que influenciarão na expansão da área.

E mais tantos outros leques...
Conforme a lei 4.950-A/66 o piso salarial do profissional Arquiteto e Urbanista é de:
  • Para seis horas diárias trabalhadas, 6 salários mínimos (R$ 4.728,00);
  • Para sete horas diárias trabalhadas, 7,25 salários mínimos (R$ 5.713,00);
  • Para oito horas diárias trabalhadas, 8,5 salários mínimos (R$ 6.698,00).
 Mas sabemos que nem sempre é assim, esses valores são o que o arquiteto formato DEVERIA  receber, não o é que alguns recebem de fato. Seu salário normalmente poderá ser maior, ou menor  do que isso dependo da "lado" em que for seguir dentro da arquitetura. 

O currículo mescla disciplinas das Ciências Humanas e de Exatas. O primeiro semestre é mais
teórico, com matérias como antropologia, fundamentos estéticos, matemática e história da arquitetura. Já a partir do segundo, há maior carga de aulas práticas, como desenho arquitetônico e construção de edifícios. Estágio e trabalho de conclusão de curso são obrigatórios. Sistemas estruturais, projetos de custos e conforto ambiental são outros conteúdos que compõem a grade.
Duração média: 5 anos.
(Informações: site)

Antes de qualquer coisa, é fundamental que você goste do que for fazer, da faculdade que for seguir, por que se não gostar, os pontos positivos podem ser negativos pra você e nada daquilo ali vá fazer sentido e te deixar feliz, empolgado. Então vale a pena pensar bem antes de se jogar em alguma faculdade só pelo fato de depois de formado quem sabe você venha a receber um bom salário. Fazer o que você gosta é fundamental, independe do bom retorno financeiro ou não! 
  • Será gratificante pensar que você será o responsável pelo conforto e bem estar das pessoas que contratarão o teu trabalho. Você vai influenciar a vida de muitas pessoas.
  • Estimula a criatividade, pois ao contrário de outros cursos, você não vai ganhar uma matéria "pronta" para estudar, entender e pronto, você vai ter que pensar, estimular tua criatividade e criar algo novo.
  • O profissional de Arquitetura e Urbanismo está cada dia mais sendo valorizado.
  • Você muda sua visão de mundo, deixando de pensar só em você, e pensando mais nos outros. Você começa a ter mais concepção das coisas que estão em sua volta.
  • Nas universidades particulares, o valor do curso de Arquitetura e Urbanismo é bastante alto, e em algumas faculdades, o valor do curso só perde para Medicina. Um curso longo (5 anos) pagando um valor alto.
  • O valor do material do curso também é bastante caro. (Lapiseiras, ferramentas de desenho técnico e básico, impressões, material de maquetes...)
  • Curso trabalhoso. Não tem muitas avaliações em nível de prova, mas tem muitas avaliações em nível de trabalho. Você precisa se dedicar bastante, e abrir mão de muita coisa da sua vida social, pois você precisará de muito tempo para estudar e desenvolver seus trabalhos.










Espero que tenham gostado do post, e que ele tenha ajudado vocês a esclarecer algumas dúvidas! Mas se ainda assim alguma dúvida permaneceu, se sitam a vontade de perguntar nos comentários que vou adorar ajudar onde eu puder! ♥
Ahh, lembrando que a sugestão de faculdades que vocês gostariam que eu explicasse aqui na série de posts podem ser deixadas aqui nos comentários também, pesquisarei e trarei informações significativas com muito carinho! 


Um comentário:

  1. Não faça arquitetura, pior curso da vida, só uma dica! Beijos

    ResponderExcluir